Links Úteis
Confidencial

Subscrever Newsletter

Internacional

Descoberta feita com o Telescópio Chandra

Buracos negros maciços eram comuns no início do universo

Washington - Um estudo publicado nesta quinta-feira (16) na revista científica «Nature», revela que os buracos negros gigantes podem ter dado origem às primeiras galáxias do Universo.

O observatório espacial Chandra captou emissões de raios-X que provam que os buracos negros muito jovens crescem de forma mais agressiva do que se pensava, acompanhando o crescimento de suas galáxias.

As observações constataram que entre 30 e 100 por cento das galáxias distantes contêm buracos negros supermassivos em crescimento, concluindo que relacionando a partir da pequena área observada para o céu inteiro, haveria pelo menos 30 milhões de buracos negros supermassivos no início do universo.

Até agora, no entanto, os astrónomos não conseguiam detectar a presença deles nas primeiras galáxias do Cosmos, aquelas formadas logo após o Big Bang. Por isso, eles acreditavam que os dois -- buracos negros e galáxias -- se desenvolviam separadamente e só depois, gradualmente, se ligavam.

As imagens do Chandra indicam essa associação em galáxias que já estavam formadas quando o Universo tinha menos de 1 bilhão de anos de idade, actualmente ele tem mais que 13 bilhões de anos.

(c) PNN Portuguese News Network

2011-06-17 10:45:38

MAIS ARTIGOS...
  Ébola: Diagnosticado primeiro caso nos EUA
  Afeganistão assina acordo de segurança com EUA
  Obama reconhece que EUA subestimaram a capacidade bélica e de organização do Estado Islâmico
  Hong-Kong: Milhares de pessoas na rua a pedir democracia
  Ébola: Mais de um milhão de pessoas de quarentena na Serra Leoa
  Detido homem suspeito de matar e desmembrar menina japonesa de seis anos
  ONG denuncia possíveis crimes de guerra de Israel em Gaza
  Coligação contra Estado Islâmico conta com mais de 40 países
  Obama vai anunciar na quarta-feira plano para derrotar o grupo terrorista Estado Islâmico
  Uma em cada dez meninas é vítima de violência sexual
  Universitária norte-americana carrega o colchão em que foi violada como forma de protesto
  Estado Islâmico decapita outro jornalista norte-americano

Comentários

Nome:

E-mail:

Comentário:


PROVÉRBIOS
"Kupódi túmuka ko: Nti ava kaménina."
(Ninguém pode arrancar: A árvore (adulta) que já tem raízes.)
Outros
Relatório da Mpalabanda 2005 (pdf)

Relatório da Mpalabanda 2004 (pdf)

Entrevista de Dom Duarte ao IBINDA.COM
Cartoon
Hospedagem de Sites Low Cost Jornal Digital Luanda Digital Bissau Digital Jornal de São Tomé Timor Leste Cabo VerdeMaputo Digital
Notícias no seu site Recrutamento Estatuto editorial Ficha técnica Contactos Publicidade Direitos autorais